Hidratação Intensa com Phytoervas – Cosmética Integral

hidratacao-intensa-phytoervas-1

 

Conhece a linha Hidratação Intensa da Phytoervas? A proposta da marca é fornecer produtos sem sal, sem sulfato, sem corantes e sem parabenos.

Há alguns anos atrás, devido a utilização de processos químicos, meu cabelo teve uma queda significativa. Foi necessário optar por produtos que não danificassem o que já estava ruim. Por um tempo usei os produtos da Phytoervas, na época, com a embalagem antiga.

Hoje, não tenho mais queda pois o único precedimento químico que utilizo é a tintura mas observo que o mercado vem oferecendo cada vez mais produtos naturais, evitando componentes que danificam o fio e o bulbo capilar.

Qual a proposta da marca:

Cosmética integral é a extração dos ativos da natureza na sua forma mais pura, sem nenhuma adição química. Este processo preserva seus nutrientes essenciais e potencializa seus efeitos.

Phytocomplex é um complexo de cereais integrais de linho, trigo e quinoa responsável por potencializar a nutrição, restauração e ação contra o envelhecimento dos cabelos e pele.

O que a marca fala sobre o produto:

A linha Phytoervas Hidratação Intensa possui uma fórmula avançada enriquecida com Óleo de Coco e algodão, que limpa e devolve a hidratação perdida, deixando os cabelos limpos, renovados, hidratados e com brilho. Para cabelos secos e ressecados.

Para quem ainda não sabe, sou adepta ao Cronograma Capilar (não sabe o que é isso? Clique aqui). A proposta é utilizar o mesmo tipo de tratamento: shampoo, máscara de tratamento e condicionador. Os testes foram realizados no Shampoo e Condicionador, juntamente com uma máscara que tem a mesma proposta, o Creme de tratamento Hidratação intensiva da Monange.

Qual foi minha experiência?

Shampoo

Teste1

Só o fato do produto não ter sulfato, sal, corantes e parabenos, já ganha pontos comigo. A maioria das marcas não tem essa proposta e segue com todos os componentes químicos que danificam nossos cabelos.

Não é tão denso como outros shampoos que já utilizei mas ele lava muito bem. Faz uma espuma incrível em apenas uma lavagem.

 

Teste2

Apesar de ter a proposta de hidratação, de lavar muito bem os fios, não percebo maciez no final das contas. O cabelo fica mais seco, talvez pela proposta de excelente lavagem.

O perfume não é nenhum pouco agradável. Lembra remédio, especificamente xarope. O que me deixa tranquila é que o perfume não fica, ele se dissipa, graças à Deus.

hidratacao-intensa-phytoervas-2

Condicionador

Teste1

O perfume é bem melhor do que o shampoo. Lembra remédio mas é bem mais suave. O perfume fica sutil e não incomoda.

 

 

Teste2

Apesar do produto ser denso e cremoso, na hora que passo nos fios é bem emoliente mas quando lavo, ele sai e o cabelo não fica tão macio como esperava.

 

hidratacao-intensa-phytoervas-3

okEssa é uma das resenhas mais difíceis que já fiz! Sabe quando você percebe que passou mais de 40 anos de sua vida usando produtos com alguns componentes que detonam o cabelo e se acostuma com esses efeitos? Se a proposta da marca é evitar tantos componentes nocivos, não dá para esperar os mesmos resultados, não é mesmo? Sinto que seu efeito é gradativo. Um cabelo mais macio, brilhoso, que não pesa tanto apesar de sujo. E o melhor de tudo, para quem é adepta a técnica no poo e low poo*, pode ficar tranquila pois ele está liberado!

 

Teste3

É possível adquirir o produto perfumarias e drogarias. Caso não encontre em sua cidade, é possível também comprar diretamente no site da Netfarma por R$ 20,60.

 

Já usou algum produto com a mesma proposta da Phytoervas? Compartilhe aqui nos comentários!

 

Beijo e até a próxima!

 

No-Poo (algo como “nenhum-xampu”) e Low-Poo (ou “pouco-xampu”) são ambos métodos de lavagem capilar que se propõem a cuidar dos cabelos da forma mais natural possível, ou seja, sem agressões químicas. São técnicas de limpeza dos fios geralmente feitos com bálsamos limpantes suaves em vez de xampu tradicionais (fonte: M de Mulher).

4 Comments

  1. Murielly 09/12/2016 Reply
    • Silvia Gonçalves 12/12/2016 Reply
  2. Tati 30/12/2016 Reply
    • Silvia Gonçalves 30/12/2016 Reply

Leave a Reply