Filme: Na Natureza Selvagem (uma história real)

Imagem do filme Na Natureza Selvagem, Christopher McCandless na neve

Sinopse

Início da década de 90. Christopher McCandless (Emile Hirsch) é um jovem recém-formado, que decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos em busca da liberdade. Durante sua jornada pela Dakota do Sul, Arizona e Califórnia ele conhece pessoas que mudam sua vida, assim como sua presença também modifica as delas. Até que, após dois anos na estrada, Christopher decide fazer a maior das viagens e partir rumo ao Alasca.

Título Original: Into the wild
Data de Lançamento: Março/2008
Gênero: Aventura
Diretor: Sean Penn
Elenco: Emile Hirsch, Willian Hurt, Catherine Keener, Vince Vaughn entre outros.
Distribuidor: Paramount Pictures

Se admitirmos que a vida humana pode ser regida pela lógica, a possibilidade de vida é destruída.

O que achei do filme

A história real de um jovem que decide se desfazer de tudo, colocar uma mochila nas costas e seguir atrás de um sonho: viver Na Natureza Selvagem.

O filme começa mostrando Christopher chegando ao Alasca, vivendo seu tão desejado sonho, quando encontra o “ônibus mágico“, como ele chama. Faz dele sua casa onde dorme, cozinha, prepara água para beber e se diverte sozinho. Mas como ele chegou até ali? E o filme volta no tempo…

Largar tudo. Deixar para trás família, bens, dinheiro, conforto, para seguir um sonho ou, quem sabe fugir de algo…? O start é dado após a formatura. No almoço em família os pais planejam lhe dar um carro novo. Com suas convicções e planos, sente que aquele presente é algo material de que não precisa mais e rejeita no início mas acaba aceitando.

Sua irmã Carine narra quem é Christopher, o irmão inteligente porém mal resolvido nas questões familiares.

A partir daí Christopher começa a planejar a grande viagem: faz doação de todo dinheiro do fundo da faculdade, empacota seus livros preferidos, se desfaz de todas as carteirinhas de identificação, como seguro social, e coloca o pé na estrada.

Perde seu carro na primeira parada. Em uma área que possui inundação repentina. Enquanto dormia, seu carro foi atingido por uma tromba d’água e ficou para trás. Agora, é hora de seguir à pé ou pedir carona.

Os meses passam e Christopher vive acampando e aprendendo sobre plantas comestíveis e como sobreviver do que a natureza oferece. Em banheiros públicos, quando acha, faz sua higiene pessoal. E lá descobre que precisa de um novo nome para o Christopher livre. Agora seu sobrenome é Supertramp.

Enquanto isso, seus pais pensam que ele está se preparando para cursar Direito em Harvard. Decidem visitá-lo sem avisar e descobrem que o filho não mora mais lá, todas as cartas enviadas, nunca foram entregues.

Enquanto isso Christopher segue viagem e consegue carona no trailer do casal Jen e Rainey. Nas conversas, Jen não entende o que motivou Christopher a largar tudo, principalmente os pais, que nem sabem de seu paradeiro. Ele explica que eles vivem uma mentira e que não precisa disso para viver. Enquanto isso, observa Jen e Rainey e percebe algo no ar. Jen sofre com algum acontecimento do passado. Mas no dia seguinte, era hora de ir embora sem despedidas.

Sua família continua a busca para encontrá-lo. A polícia do Arizona localiza o carro abandonado e descobre que não houve sinal de arrombamento. Christopher não quer voltar e sua família começa a se conformar de que ele não quer ser encontrado.

De volta ao presente, em seu ônibus mágico, Christopher começa a se preocupar com a comida. Ela está acabando e o racionamento faz com que ele perca peso. E então a primavera chega e o gelo começa a derreter.

O filme volta ao passado, dezenove meses antes de Christopher encontrar o ônibus mágico. Ele agora está trabalhando na lavoura, colhendo trigo. Com objetivo de seguir para o Alasca, Christopher precisa aprender tudo sobre caçar, defumar carne, e descobre que um amigo do trabalho pode ajudar. Feito isso, hora de pegar a estrada novamente!

Chega o momento em que Carine explica o motivo do comportamento de Christopher. O motivo que o leva a abandonar tudo e viver na natureza selvagem, sozinho.

Sua viagem de caiaque vai longe e ele chega ao México. Não consegue entrar novamente nos Estados Unidos pois está sem identificação e busca carona num trem de carga. Chegando a Los Angeles, vai em busca de um abrigo para pessoas de rua. A cidade o assusta e percebe que é hora de ir embora. Forçado a sair do trem, onde viaja clandestinamente, volta a estrada para pedir carona, até chegar ao seu destino.

Quatro meses antes de encontrar o ônibus mágico, Christopher revê os amigos Jen e Rainey. Conhece Tracy, uma jovem de 16 anos que adora cantar e se sente atraída por ele. Christopher não quer se distrair do seu objetivo e não aceita as investidas de Tracy. Além do mais, precisa treinar para enfrentar os desafios do Alasca.

Christopher conhece Ron Franz. Todo tempo que passaram juntos mudou a vida dos dois.

E viver toda essa aventura trouxe a Christopher uma reflexão de vida e um ângulo diferente de ver seus conflitos. O convívio com pessoas desconhecidas que se tornaram amigas ou que, durante sua trajetória, lhe deram uma lição de vida, fez com que voltar fosse necessário. Só que voltar não seria tão simples assim. Na estação da primavera, com o aumento da temperatura e o desgelo, o volume de água do rio aumenta a ponto de não conseguir atravessá-lo.

O que Christopher decide fazer? Qual seria o plano? Assista abaixo o trailer do filme Na Natureza Selvagem.

As paisagens do filme Na Natureza Selvagem são lindas e de tirar o fôlego! E as músicas de Eddie Vedder? Selecionei algumas que mais gostei. É só clicar nos links abaixo para ouvir.

Society
Rise
Long Nights
Guaranteed

O filme foi baseado no livro Na Natureza Selvagem de Jon Krakauer e pode ser encontrado na Saraiva por R$ 35,90.

O filme está disponível na Netflix.

Beijo e até a próxima!

 

Foto: The New York Times

 

Leave a Reply